Qual a Diferença entre Polvilho Doce e Azedo: Um Guia Completo!

No artigo de hoje eu vou mostrar qual a diferença entre polvilho doce e azedo, essa é uma dúvida super comum, pois a depender da receita, saber se o polvilho é doce ou azedo faz muita diferença no resultado da sua receita.

O polvilho doce e o polvilho azedo são dois ingredientes fundamentais na culinária brasileira, amplamente utilizados na preparação de diversos pratos tradicionais, como pão de queijo, biscoitos de polvilho, tapioca e muito mais.

No entanto, muitas pessoas têm dúvidas sobre as diferenças entre esses dois tipos de polvilho.

Neste guia completo, vamos explorar as características distintas do polvilho doce e do polvilho azedo, como são feitos, como são utilizados na culinária e como você pode escolher o mais adequado para suas receitas.

Veja também: Como fazer pão de queijo de liquidificador 

Antes de saber qual a diferença entre polvilho doce e azedo, veja o que é polvilho?

qual a diferença entre polvilho doce e azedo
Polvilho

Antes de abordarmos as diferenças entre o polvilho doce e o polvilho azedo, é importante entender o que é o polvilho em geral.

O polvilho é uma farinha amilácea obtida a partir da mandioca (também conhecida como aipim ou macaxeira), uma raiz vegetal amplamente cultivada em muitas regiões tropicais do mundo.

A mandioca é uma planta versátil e uma importante fonte de carboidratos na dieta de muitas culturas.

Para produzir o polvilho, a mandioca é descascada, ralada ou moída, e depois submetida a um processo de lavagem e peneiragem para separar os grânulos de amido dos outros componentes da raiz.

Existem dois tipos principais de polvilho produzidos a partir da mandioca: o polvilho doce e o polvilho azedo.

Cada um deles tem características distintas que os tornam adequados para diferentes tipos de preparações culinárias.

Recomendo que leia: Como manter o pão de queijo quente por mais tempo 

Polvilho Doce

qual a diferença entre polvilho doce e azedo
Polvilho Doce

O polvilho doce, como o nome sugere, é conhecido por seu sabor suave e adocicado.

Ele é obtido a partir da mandioca doce, que é uma variedade de mandioca com baixo teor de ácido cianídrico, uma substância potencialmente tóxica encontrada na mandioca brava, uma variedade mais amarga da raiz.

Características do Polvilho Doce:

Sabor Suave: O polvilho doce tem um sabor neutro e suave, o que o torna ideal para receitas em que você deseja que o sabor da mandioca não seja dominante.

Textura Leve: Ele produz uma textura mais leve e macia nas preparações culinárias, tornando-o adequado para bolos, biscoitos e pães de queijo mais delicados.

Coloração Clara: O polvilho doce geralmente tem uma coloração mais clara, quase branca.

Uso Comum: É amplamente utilizado na preparação de biscoitos de polvilho, tapioca, bolos, pudins, pães de queijo e outras receitas em que um sabor suave é desejado.

Polvilho Azedo

qual a diferença entre polvilho doce e azedo
Polvilho Azedo

O polvilho azedo, por outro lado, é obtido a partir da mandioca brava, que tem um teor mais elevado de ácido cianídrico.

O processo de obtenção do polvilho azedo envolve uma fermentação natural que reduz os níveis de ácido cianídrico e confere ao polvilho um sabor azedo característico.

Características do Polvilho Azedo:

Sabor Azedo: Como o nome indica, o polvilho azedo tem um sabor azedo distinto, que pode variar de suave a pronunciado, dependendo do tempo de fermentação.

Textura Elástica: Ele produz uma textura mais elástica e “chiclete” nas preparações culinárias, tornando-o ideal para pães de queijo tradicionais, que devem ter uma casca crocante por fora e uma textura elástica por dentro.

Coloração Mais Escura: O polvilho azedo geralmente tem uma coloração mais amarelada, devido à fermentação.

Uso Comum: É amplamente utilizado na preparação de pão de queijo, biscoitos de polvilho mais crocantes e algumas receitas tradicionais nordestinas, como beijus e macaxeira cozida.

Como Escolher entre Polvilho Doce e Polvilho Azedo

A escolha entre polvilho doce e polvilho azedo depende principalmente do tipo de receita que você está preparando e do resultado desejado.

Confira aqui algumas dicas que podem te ajudar a escolher:

Use Polvilho Doce Quando:

Desejar um Sabor Neutro: Se você quiser que o sabor da mandioca não seja dominante na sua receita e prefira um sabor suave, o polvilho doce é a escolha certa.

Preparar Bolos e Sobremesas Leves: O polvilho doce é ótimo para bolos, pudins, tortas e outros doces em que a textura mais leve é desejada.

Receitas que Não Exijam Fermentação: Se sua receita não envolver fermentação, o polvilho doce é a opção adequada.

Use Polvilho Azedo Quando:

Quiser um Sabor Mais Pronunciado: Se você deseja um sabor característico de mandioca e um toque azedo em suas preparações, opte pelo polvilho azedo.

Fazer Pão de Queijo Tradicional: O polvilho azedo é essencial para a preparação de pão de queijo tradicional, que deve ter uma textura elástica por dentro.

Receitas que Envolvem Fermentação: Se a sua receita envolve fermentação, como pão de queijo ou beiju, o polvilho azedo é a escolha apropriada devido à sua fermentação natural.

Qual a diferença entre polvilho doce e azedo

Em resumo, o polvilho doce e o polvilho azedo são dois ingredientes fundamentais na culinária brasileira, cada um com suas características distintas.

Confira esse vídeo do youtube:

A escolha entre eles depende do tipo de receita que você está preparando e do resultado desejado.

Ambos têm seu lugar na cozinha e são apreciados por suas contribuições únicas para diversas preparações culinárias.

Lembre-se de que, ao seguir uma receita específica, é importante usar o tipo de polvilho recomendado, pois isso afetará a textura, o sabor e o resultado final da sua criação culinária. Experimente

com ambos os tipos de polvilho em diferentes receitas para descobrir qual deles melhor atende às suas preferências e ao paladar da sua família.

Independentemente de sua escolha, o polvilho continuará a desempenhar um papel importante na culinária brasileira e a adicionar sabor às suas refeições favoritas.

Gleyson Norte

Chef de cozinha e autor do blog Cantinho da Comida. Trabalho como chef de cozinha, sou apaixonado por culinária, sou o fundador deste blog e pretendo passar todas as receitas que aprendi ao longo de 16 anos na área de gastronomia. ❤️

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo